“Exclusão: um olhar para além da aparência”

Esta obra vai além do meramente aparente

Cadastrado em 21/02/2019 15:30

Notícia por Editora Argos

“Exclusão: um olhar para além da aparência”

A obra “Exclusão: um olhar para além da aparência” contempla grandes autores da área da filosofia e educação, buscando o pensamento sobre a diversidade do fenômeno da “exclusão” além do aparente, quebrando os dogmatismos de uma sociedade contemporânea, para compreensão do mundo. Partindo da concepção da “exclusão”, a obra se fragmenta em abordagens sociais, de forma que se contrapõem ao conceito de uma sociedade pós-moderna.

“Se o modo de produção e consumo de mercadorias vigora como a única possibilidade da existência humana, no qual, portanto, todos nós, queiramos ou não, cientes ou não, estamos necessariamente incluídos, mais do que nunca é preciso pensar a exclusão que tal modo de produção é capaz de impor àqueles que abarca. E pensar, de uma forma ou de outra, desde Platão, inclui perceber o quanto o meramente aparente pode ter de ilusório.” Conforme comenta Fausto dos Santos no prefácio da obra.

O livro busca oferecer embasamento conceitual mais sólido para as pesquisas no campo das ciências humanas, bem como a articulação de uma rede categorial adequada para a compreensão e intervenção nos fenômenos sociais.

Sobre os organizadores 

Avelino da Rosa Oliveira

Graduado em Filosofia pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel), possui mestrado em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e pós-doutorado em Filosofia da Educação na Universidade Federal de Pelotas (UFPel), onde leciona, na graduação, a disciplina de “Fundamentos Sócio-Histórico-Filosóficos da Educação”; no Programa de Pós-graduação em Educação (PPGE/FaE/UFPel), ministrou recentemente os seminários avançados “Karl Marx e as Pedagogias Críticas I e II”, Razão Crítica e Educação”, “Educação e Teorias da Exclusão social” e  “A Filosofia de Marx e as Pedagogias Marxistas” (DINTER – Unioeste Francisco Beltrão) e orienta alunos de mestrados e doutorado. Participa como pesquisador do grupo de pesquisa Filosofia, Educação e Práxis Social (FEPraxiS – UFPel) e do Grupo Racionalidade e Formação (PUC-RS).

Neiva Oliveira

Graduada em Filosofia pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel), possui mestrado e doutorado em filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) e pós-doutorado em Filosofia da Educação na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora associada da Universidade Federal de Pelotas (UFSC), onde leciona, na graduação, a disciplina de “Fundamentos Sócios-Histórico-Filosófico da Educação”; no Programa de Pós-graduação em Educação (PPGE/FaE/UFPel), ministrou recentemente os seminários Avançados  “Paradigmas Filosóficos na Educação I e II”, “Razão Crítica e Educação” e “Tendências Teórico-Práticas da Pedagogia Social no Brasil” e orienta alunos de mestrado e doutorado. É líder de grupo de pesquisa filosofia, Educação e Práxis Social (FEPraxiS) e participa como pesquisadora no grupo Racionalidade e Formação (PUCRS) e no grupo interdisciplinar de pesquisa Jean-Jacques Rousseau (GIP-Rousseau – UFG).


Tags da postagem

Autoconhecimento