Postado em 06 de Julho de 2016 às 16h23

Ensino da língua italiana é abordado em livro

Notícias em destaque (318)

Estudos italianistas: ensino e aprendizagem da língua italiana no Brasil” trata de temas conectados especificamente ao ensino e a aprendizagem da língua italiana no País. É um estudo que propõe uma perspectiva sobre a linguagem formal e a linguística aplicada, lançando pontos de vista direcionados a aprendizes, professores, pesquisadores e tradutores.
A obra, organizada por Carolina Pizzolo Torquato e Sergio Romanelli, está dividida em capítulos abordados de maneira subjetiva que evidenciam a importância da língua materna. Ou seja, os trabalhos reunidos neste livro são frutos da aprendizagem da língua italiana com a língua estrangeira.
O capítulo de abertura trata da aprendizagem de línguas, trazendo à tona o problema da oposição entre a língua materna e a língua estrangeira, propondo superar a ideia de que não há uma língua, no sentido de que é constituída por outras línguas, a partir de discussões, abordando o processo de ensino/aprendizado de línguas e suas consequências para constituição do sujeito. Já o capítulo que encerra o livro aborda a questão da competência intercultural como parte importante da competência comunicativa em línguas, aspectos culturais entre o Brasil e a Itália, concepção de participantes brasileiros e italianos, evidenciando diferentes concepções culturais.

Para adquirir acesse: http://goo.gl/tS1Pb2

Veja também

Argos no 18º Congresso Mundial de Linguística Aplicada24/07/17 A Argos participa do 18º Congresso Mundial de Linguística Aplicada, que inicia hoje, na cidade do Rio de Janeiro, com a organização da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Associação de Linguística Aplicada do Brasil (ALAB). O evento ocorre a cada três anos e em sua última edição, em Beijing, na China, foram reunidos dois......

Voltar para Notícias