Postado em 06 de Julho de 2018 às 16h22

Argos promove evento sobre livros digitais

Notícias em destaque (318)

Na noite da última quarta-feira (04/07) a Argos Editora da Unochapecó promoveu a segunda edição do “Troca de Conhecimentos”, com o tema “Diálogos digitais”, realizado na Livraria Universitária. O evento contou com a participação do professor mestre Alexsandro Stumpf e do professor Adriano Larentes da Silva, autor da primeira obra com recursos multimídia no formato ePub desenvolvido pela Argos. “Fazendo cidade: memória e urbanização no extremo oeste catarinense” apresenta hipertexto e inserção de áudio e vídeo, que estão acessíveis apenas em aplicativos de leitura, como no iBooks, disponível para tablet e iPad.

Durante o evento foram abordadas as diferenças entre a obra física e digital, os recursos multimídia e o que pode ser oferecido ao leitor como ferramenta para manter a atenção na obra e transformar a leitura em uma experiência totalmente inovadora. Aproveitando os recursos do e-Book, foram realizados alguns testes de usabilidade entre o e-Book e o livro físico, o trecho que era recitado da obra física por alguém do público depois era ouvido pelo áudio do e-Book e as interpretações comparadas.

O bate-papo contou com alunos e funcionários da Unochapecó, público externo e teve transmissão ao vivo via Facebook, pela página da Argos.

 

Sobre a obra

“Fazendo cidade” é uma obra de análise crítica e reflexiva que nos permite viajar ao passado para ver o presente com outros olhos. Seu foco é o extremo-oeste catarinense, principalmente a cidade de São Miguel do Oeste. Buscando entender o processo de construção, as memórias, os mecanismos de criação da cidade e os processos de exclusão social, retrata a história da região em diferentes momentos.

Para baixar a obra, entre no site da Argos (http://www.editoraargos.com.br/), clique na aba E-books e depois na opção Grátis.

Veja também

Argos publica obra de Thierry de Duve18/05/16 Thierry é reconhecido com um dos grandes nomes da história da arte na atualidade. Sua obra, “Fazendo escola (ou refazendo-a?)”, é um instigante mergulho no universo do ensino da arte e da formação de artistas. Um dos grandes pensadores da atualidade no campo da arte, Thierry de Duve escreve a partir de suas experiências de ensino, com a visão crítica......
“Filosofia do como se”15/07/16 Hans Vaihinger (1852-1933) concebeu o primeiro estudo sistemático da ficção na cultura alemã, a filosofia do como se. Junto com a antropologia literária de Wolfgang Iser, “A filosofia do como se” é a......

Voltar para Notícias