Postado em 18 de Maio de 2016 às 16h22

Argos publica obra de Thierry de Duve

Notícias em destaque (318)

Thierry é reconhecido com um dos grandes nomes da história da arte na atualidade. Sua obra, “Fazendo escola (ou refazendo-a?)”, é um instigante mergulho no universo do ensino da arte e da formação de artistas. Um dos grandes pensadores da atualidade no campo da arte, Thierry de Duve escreve a partir de suas experiências de ensino, com a visão crítica de quem conhece profundamente o sistema artístico. A obra apresenta uma profunda reflexão sobre o estágio em que se encontra o sistema de ensino na atualidade. Publicado em francês, em 1992, e novamente em uma edição ampliada, em 2008, esse texto, traduzido agora para o Português, introduz uma reflexão inovadora e ao mesmo tempo surpreendente do universo da formação artística como a conhecemos hoje.
A tradução dessa obra em especial, entre o universo de publicações do autor, oportuniza aos leitores a possibilidade de ter acesso a um título à margem do circuito internacional de publicações. Seu impacto está na análise rigorosa dos modelos de ensino estabelecidos, fundamentalmente o modelo acadêmico e o modelo Bauhaus, ambos obsoletos na perspectiva do autor. Como alternativa ele propõe outra relação de aprendizado, baseada em uma abordagem de “transmissão”, cujo caráter seria essencialmente antiacadêmica. O autor reivindica o retorno à tradição artística como um mergulho em um repertório de ferramentas para a reflexão sobre o ensino, entre elas a história da arte e a estética. Trata-se de um texto de relevância para os profissionais envolvidos no campo da arte, como críticos, curadores, historiadores de arte, artistas e todos aqueles que desejam refletir sobre a experiência artística em sua totalidade.
O autor, de nacionalidade belga, é historiador de arte e filósofo e professor emérito da Universidade de Lille 3. Publicou vários livros sobre arte e estética, como Kant after Duchamp (The MIT Press, 1996), Clement Greenberg Between the Lines (Dis Voir, 1996) e Sewn In the Sweatshops of Marx: Beuys, Warhol, Klein, Duchamp (The University of Chicago Press, 2012). Ele ocasionalmente tem organizado exposições, como Look: 100 Years of Contemporary Art, realizada para o Palais des Beaux-Arts, em Bruxelas, em 2000, e a representação da Bélgica para a Bienal de Veneza em 2003. No Brasil, ministrou seminários no Centro Cultural Maria Antônia (2005), na Fundação Joaquin Nabuco, em Recife (2006), e na Universidade de São Paulo (2010).

Para adquirir acesse: http://goo.gl/4iaKhT

Veja também

Feira do Livro de Chapecó chega ao fim09/11/17 A Feira do Livro de Chapecó chegou ao fim com ar de objetivo cumprido: quase mil pessoas presentes na palestra de encerramento e mais de oito mil passaram por lá durante os três dias. A feira contou com a participação de várias escolas particulares, estaduais e municipais, além de receber o público em geral durante todos os turnos.A feira também......
COGECONT 201910/10/19 Entre os dias 17 e 19 de outubro de 2019, acontece na Unochapecó o 4º Congresso de Gestão e Controladoria (COGECONT), que tem como tema central: “Gestão e Controladoria sob a Lente do Desenvolvimento Sustentável”.......

Voltar para Notícias