Postado em 09 de Outubro de 2018 às 16h23

Feira do Livro Chapecó

Notícias em destaque (318)

Na primeira semana de outubro foi realizada a segunda edição da Feira do Livro Chapecó. A Argos e a Livraria Universitária da Unochapecó estiveram presentes com um estande, marcando presença nesse grande evento cultural que tem como objetivo revolucionar o conhecimento.

Tivemos momentos marcantes, principalmente por ver quantas pessoas admiram a literatura local, prestigiando autores e obras da nossa região.

Durante o evento foram distribuídos vales-livros para as escolas, com o objetivo de alunos e professores interagirem com a leitura. Esses livros poderiam ser adquiridos pelos alunos para serem lidos por eles e, posteriormente, destinados à biblioteca das escolas. O objetivo é facilitar o acesso à leitura e ao conhecimento.

Também tivemos a participação de João Cezar de Castro Rocha, realizando um debate sobre o “Direito à literatura literária”. A conversa com João Cezar abordou o direito das pessoas à literatura e como isso tem influência em nossas vidas. Ele falou da popularização do autor como figura pública, através do acesso à leitura das pessoas, referindo-se a verdadeira dádiva que é ser escritor e interagir com o seu público por meio da leitura.

João Cezar trouxe poemas e fez citações de autores que são referências em sua escrita, com o objetivo de reflexão e entendimento do que realmente é literatura, e como a leitura pode trazer algo especial para todos, mostrando a conexão que o escritor tem com o seu leitor, trazendo, através da escrita, a imaginação do receptor, construindo um universo de ideais e formando o seu próprio intelecto para preencher as lacunas internas.

João Cezar também afirmou que quando alguém conta uma história e outra pessoa escuta algo extraordinário e complexo acontece, ouvimos e criamos nossas próprias histórias, dando um novo sentido de interpretação para aquilo, explorando seu inconsciente, transformando tudo isso em um paradoxo interno, para no fim, você, encontrar-se. Isso torna a literatura uma forma única de experiência.

Veja também

“Do mito das Musas à razão das Letras”21/12/17 Publicado em 2015 pela Argos Editora da Unochapecó, o livro reúne textos representativos e reflexivos sobre práticas literárias no período entre o século VIII a.C. ao XVIII da nossa era. De acordo com Roberto Acízelo de Souza, a proposta surgiu para suprir uma necessidade de reunir uma grande quantidade de conteúdos que em alguns casos não haviam sido......
“O Gênero Gauchesco: um tratado sobre a pátria”21/12/17 Nesta obra, Josefina Ludmer entra em contato com outro universo verbal, sonoro, o gênero gauchesco, cuja substância é a relação entre vozes ouvidas e palavras escritas. A autora utilizou os tons de vozes e......

Voltar para Notícias