Postado em 21 de Novembro de 2016 às 16h20

“Literatura do Presente: história e anacronismo dos textos”

Notícias em destaque (318)
A obra “Literatura do Presente: história e anacronismo dos textos” propõe a leitura da Literatura das últimas décadas a partir do modo como recoloca em cena os problemas do conhecimento e da experiência na literatura reformulados pela modernidade e, num certo sentido, abandonados pelo modernismo.
Para isso, a autora Susana Scramim faz a leitura de obras de autores como Milton Hatoum, Josely Vianna Baptista, Arturo Carrera, Wilson Bueno, César Aira, Bernardo Carvalho, Carlito Azevedo e Marcos Siscar, e analisa como estes autores retomam os arquivos da modernidade e como se posicionam diante do tempo, investigando o trânsito de determinada questão de uma obra para outra. Diante de um presente marcado pelo excesso de memória, Susana Scramim mostra como os autores propõem a aporia, isto é, um caminho sem método, ou ainda, um método que abre mão da lógica racionalista das polarizações, como base dessa literatura do presente.


Veja também

Argos apresenta obras em encontro sobre meio ambiente e desenvolvimento14/06/16 Na quinta-feira, 16 de junho, acontece a apresentação das obras “Impactos Socioambientais da Implantação da UHE Foz do Chapecó” e “Produtos Coloniais: tradição e mudança”. As obras foram publicadas pela Argos Editora da Unochapecó. Estes livros são o resultado de pesquisas desenvolvidas por professores da Unochapecó......

Voltar para Notícias