Postado em 21 de Novembro de 2016 às 16h20

“Literatura do Presente: história e anacronismo dos textos”

Notícias em destaque (318)
A obra “Literatura do Presente: história e anacronismo dos textos” propõe a leitura da Literatura das últimas décadas a partir do modo como recoloca em cena os problemas do conhecimento e da experiência na literatura reformulados pela modernidade e, num certo sentido, abandonados pelo modernismo.
Para isso, a autora Susana Scramim faz a leitura de obras de autores como Milton Hatoum, Josely Vianna Baptista, Arturo Carrera, Wilson Bueno, César Aira, Bernardo Carvalho, Carlito Azevedo e Marcos Siscar, e analisa como estes autores retomam os arquivos da modernidade e como se posicionam diante do tempo, investigando o trânsito de determinada questão de uma obra para outra. Diante de um presente marcado pelo excesso de memória, Susana Scramim mostra como os autores propõem a aporia, isto é, um caminho sem método, ou ainda, um método que abre mão da lógica racionalista das polarizações, como base dessa literatura do presente.


Veja também

“Pesquisa na pós-graduação em educação: novos horizontes”21/12/18 Esta obra apresenta pesquisas desenvolvidas coletivamente e realizadas no Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Educação da Unochapecó. Os textos, elaborados por diversos pesquisadores, têm o objetivo de tratar as lacunas do ensino pedagógico superior, analisando os problemas enfrentados na educação, no meio acadêmico. A obra fala sobre......
Argos participou do Prêmio ABEU 201710/10/17 O Prêmio ABEU 2017 está perto de conhecer seus vencedores, que serão divulgados no dia 9 de novembro, através dos canais de comunicação da Associação Brasileira das Editoras Universitárias (ABEU) e......
INDICAÇÃO DUPLA30/07/20 Ao longo de sua história, a Editora Argos da Unochapecó já obteve reconhecimento em várias de suas obras e conquistou seu espaço no cenário editorial e acadêmico nacional pela qualidade de suas......

Voltar para Notícias