Postado em 16 de Março de 2016 às 16h24

Livro retrata tradição dos produtos coloniais

Notícias em destaque (318)
Salame, queijo, pão caseiro, vinho e pé de moleque. Além de deliciosos, esses alimentos são muito tradicionais, e quase sempre estão na mesa de quem mora no oeste catarinense. A produção desses alimentos ocorre de forma artesanal, em pequenos estabelecimentos agrícolas familiares, que se baseiam em um conjunto de conhecimentos tradicionais para sua elaboração.
Este conjunto está sistematizado no livro “Produtos coloniais: tradição e mudança”, do autores Clovis Dorigon, Arlene Renk, Milton Luiz Silvestro, Clécio Azevedo da Silva e Juliana Savio, publicado pela Argos Editora da Unochapecó. A obra é resultado da pesquisa realizada na região, com o objetivo de resgatar e sistematizar conhecimentos tradicionais na elaboração de produtos coloniais. Os alimentos são produzidos com base na tradição de diferentes etnias, tendo como matéria-prima produtos agrícolas, cultivados no próprio estabelecimento.



Veja também

Seminário Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão da Unochapecó28/10/19 De 28 a 30 de outubro acontece a 9ª edição do Seminário Integrado de Ensino, Pesquisa e Extensão da Unochapecó (SIEPE), com o tema “Inovação e ação social: empreender para o bem da vida”. Seu foco é debater como pesquisas, atividades de ensino e projetos de extensão universitários contribuem para a melhoria da......
Aniversário com 50% de desconto23/08/18 Chapecó, de 1917 até 1953, possuía uma extensão de mais de 14 mil quilômetros quadrados. O vasto território do município tinha início no rio Irani, ao sul fazia divisa com o Rio Grande do Sul, ao norte......

Voltar para Notícias