Postado em 21 de Dezembro de 2018 às 16h20

“Mídia e cidadania: complexidade, impasses e desafios”

Notícias em destaque (318)

As pesquisas presentes nesta obra foram desenvolvidas ao longo dos últimos oito anos na Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó). A ideia dessas pesquisas surge com a instalação de um Núcleo de Extensão em Comunicação, cultura, educação e cidadania, desenvolvida na Unochapecó em 2010.

As pesquisas do livro foram realizadas com o apoio de diversos professores e estudantes de comunicação, com o principal objetivo de contribuir no avanço dos estudos e reflexões acerca da comunicação e cidadania.

Os artigos abordam as experiências da Mídia Cidadã, falando da relação da comunidade e o acesso à informação midiática. Os artigos foram desenvolvidos através do histórico regional de Chapecó (oeste catarinense) e as análises desses dados foram abordadas em muitos dos textos apresentados na obra. Todos os pesquisadores buscaram explorar o real conceito de Mídia Cidadã, trazendo a comunicação para um lado ainda mais social. Avaliando o comportamento de diferentes públicos, busca maior compreensão da relação entre criador e receptor, para tentar trazer uma mídia mais inclusiva e com maior aplicabilidade.

“Mídia e cidadania: complexidade, impasses e desafios” está disponível gratuitamente no site da Argos. Confira em: http://http://www.editoraargos.com.br/

Sobre as organizadoras 

Ilka Goldschmidt: graduada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) (1991), com especialização em Metodologia do Ensino Superior em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo (UMESP) (1996) e mestrado em Comunicação Social também pela Unesp (1998). Atua como professora nos cursos de Jornalismo e Produção Audiovisual da Unochapecó, especialmente nas disciplinas de Telejornalismo I, II, III; Documentários; Trabalhos de Conclusão do Curso I e II; Produção Executiva: e Produção para a TV. De 2007 a 2013 coordenou o projeto de extensão “Documentário e Comunidade – uma História que vai virar filme”. De 2009 a 2015 coordenou o Núcleo de Iniciação Científica em Mídia Cidadã. Coordenou os cursos de Jornalismo e Produção Audiovisual. Possui experiência em pesquisa na área da comunicação, com ênfase em temas como televisão, telejornalismo, fluxo de informação, produção audiovisual, documentário, mídia cidadã e estudos de recepção. É documentarista. 

Mariângela Torrescasana: graduada em Letras – Faculdades Unidas de Bagé (1985) – e em Comunicação Social (Jornalismos) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) (1980). Possui mestrado interinstitucional em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) (1999). Tem experiência na área de Comunicação, atuando principalmente nos seguintes temas: práticas jornalísticas – memória da mídia – meio ambiente e cidadania; mídia cidadã – rádio comunitária – movimento sociais – democratização da comunicação.


Veja também

“Formação humana na sociedade do espetáculo”21/05/19 A obra “Formação humana na sociedade do espetáculo”, lançamento da Argos em parceria com a Editora da Unesc, esclarece uma ideia de cruzamento entre os aspectos fundamentais da educação e a sociedade do espetáculo, apresentada por Guy Debord, a retratar o episódio de maio de 1968.A obra está dividida em três partes temáticas. A......

Voltar para Notícias