Postado em 04 de Maio de 2016 às 16h24

Obra “Revelando o Contestado” é lançada em cidades catarinenses

Notícias em destaque (318)
No mês de março, o livro “Revelando o Contestado: as fotografias na história do centenário da guerra” foi apresentado em várias cidades catarinenses. A obra foi publicada pela Argos Editora da Unochapecó, em parceria com o Centro de Memória do Oeste Catarinense (CEOM) da Universidade. O lançamento ocorreu nas cidades de Canoinhas, Mafra, Timbó Grande, Porto União, Joaçaba, Curitibanos e Lebon Régis.
Os lançamentos procuram divulgar a publicação e promover o debate acerca do centenário da Guerra do Contestado por meio de palestras a respeito do tema. O livro fotográfico faz parte dos resultados do projeto “Contestado: desvendando os 100 anos da guerra”, lançado em 2011. A idealização foi do deputado federal Pedro Uczai e desenvolvido por instituições universitárias e culturais da região, a fim de registrar histórias.
A organização do livro é de Delmir José Valentini, Gerson Witte, Mirian Carbonera, Ademir Miguel Salini e André Luiz Onghero, com tradução para o inglês de Elisa Rosalen. Nele são apresentadas fotografias históricas e contemporâneas, provenientes de um concurso de fotografias com ampla participação, além de fotografias produzidas especialmente para a publicação. A distribuição do livro é gratuita para instituições de ensino. A versão digital do livro também está disponível para download gratuito no site da Editora Argos.
Com o apoio financeiro da Caixa Econômica Federal, a atividade foi executada pela Fundação Universitária do Desenvolvimento do Oeste, através do Centro de Memória do Oeste de Santa Catarina (CEOM/Unochapecó), em parceria com a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) e Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) campus Chapecó. O projeto contou também com o apoio da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade do Contestado (UNC), Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), deputado federal Pedro Uczai e Fundação Memória Viva do Contestado.

Veja também

A terra é vida18/05/16 O livro “A terra é vida: movimentos políticos e sociais no oeste de Santa Catarina” carrega as marcas de um período de descoberta popular, retratado no trabalho de Eliane Fistarol. A obra retrata, por meio de fotografias, os marcos deixados da luta pela terra por parte daqueles que por longo período foram expropriados, um evento que deixou marcas em diferentes aspectos;......
Lançamento da obra "1968: O Futuro do Passado"27/10/20 A obra "1968: O Futuro do Passado", com organização de André Cechinel e Eduardo Subirats, tem como propósito não só prestar uma homenagem ao cinquentenário do emblemático ano, assim como......

Voltar para Notícias